Loading...

Blog

Menos da metade dos desempregados no último trimestre de 2017 conseguiu voltar ao mercado um ano depois

Dentre os que conseguiram uma ocupação em 2018, 60% atuavam no mercado informal como sem carteira (33%) ou por conta própria (27%).

Menos da metade das pessoas que estavam desempregadas no quarto trimestre de 2017 conseguiu uma ocupação um ano depois (quarto trimestre de 2018). É o que mostra um levantamento da pesquisadora Thais Barcellos, da Consultoria IDados.

Do contingente de desempregados no final de 2017 – 12,3 milhões de pessoas, 43% encontravam-se ocupados no final de 2018, 35% desocupados, 18% inativos e 4% desalentados um ano depois (quarto trimestre de 2018), de acordo com a pesquisadora.

Leia também: Desemprego por faixa etária

O levantamento mostra, ainda, que, dentre os que conseguiram uma ocupação em 2018, 60% atuavam no mercado informal como sem carteira (33%) ou por conta própria (27%), ao passo que 35% trabalhavam no setor privado, 2% no setor público, 1% como trabalhador familiar auxiliar e 1% como empregador.

Os dados foram colhidos a partir da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnadc), do IBGE. Em números absolutos, o número de brasileiros sem ocupação chegou a 12,2 milhões em dezembro do ano passado – ou 11,6% do total do total da população.

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 3 =

Fique bem informado

Receba novidades do IDados no seu e-mail.