Loading...

Blog

Desemprego por faixa etária

Na esteira dos debates a respeito da Reforma da Previdência, esse post irá apresentar a evolução da taxa de desemprego por faixa etária. Com a nova proposta, trabalhadores ficarão ocupados por mais tempo.

O que vemos é que a taxa de desemprego se elevou nos últimos três anos para todas as faixas etárias. Contudo, ela está em patamares muito distintos dependendo da idade. Os que mais sofrem com o desemprego são os jovens (18 a 24 anos) – um quarto deles encontravam-se desocupados ao final de 2018. Já a população mais velha é a menos afetada pelo desemprego: somente 3,6% daqueles com mais de 65 anos estão desempregados.

Ler também: Levantamento do IDados sobre desocupação e desemprego é capa do jornal O Globo

Contudo, ao longo do tempo, foram as faixas etárias mais velhas as que apresentaram o maior crescimento da taxa de desemprego. Para a população de mais de 65 anos, o desemprego quase triplicou: saiu de 1,4% para 3,6%. Para a faixa etária logo abaixo (55 a 64 anos), o crescimento também foi expressivo – de 2,6% para 5,3%.

Por fim, é importante notar que, para quase todos os grupos, o aumento da taxa não é explicado por uma entrada ou saída de população na PEA (População Economicamente Ativa, utilizada como denominador na definição da taxa de desocupação). A exceção é exatamente para a população idosa. Entre o último trimestre de 2012 e o último trimestre de 2018, a participação de maiores de 65 anos cresceu 7% (saiu de 14,6% para 15,6%).

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + 2 =

Fique bem informado

Receba novidades do IDados no seu e-mail.