Loading...

Consultoria IDados na GloboNews: trabalhador fica, em média, menos de 4 meses no 1° emprego formal

O telejornal  “Edição das 10”, da GloboNews, veiculou nesta segunda-feira, dia 24 de junho, uma reportagem que tem como base um levantamento realizado pela consultoria IDados sobre o tempo que o trabalhador permanece no 1º emprego formal.

Segundo a pesquisa, o trabalhador brasileiro fica, aproximadamente, 4 meses no primeiro emprego formal. Tempo bastante próximo ao período de experiência garantido pela lei trabalhista, que é de 3 meses.

A reportagem ressalta que em 2006 essa média era de 3,5 meses e ela passa para 4,3 meses em 2017.

De acordo com o pesquisador Bruno Ottoni, a permanência no primeiro emprego no Brasil ser muito curta está ligada a vários fatores do mercado de trabalho. Um desses fatores pode estar relacionado com a mudança na lei implementada em 2015, que obriga o funcionário a ficar pelo menos 12 meses vinculado à empresa de seu primeiro trabalho para ter direito a receber o auxílio desemprego. A crise também é um fator relevante que pode ter estimulado o jovem se esforçar mais para  permanecer no primeiro emprego.

Confira a reportagem na íntegra nesse link.

Fique bem informado

Receba novidades do IDados no seu e-mail.